Dayse Cristina Oliveira Melo | Comportamento

Como reconhecer os sinais do bebê com sono

As dicas da consultora do sono Dayse Melo irão te ajudar.

Publicado em 13/07/2017

Dayse Cristina Oliveira Melo

Dayse Cristina Oliveira Melo - Comportamento

Colunista
compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus
Como reconhecer os sinais do bebê com sono

Ao conversarmos sobre as sonecas e sua importância, falamos sobre a identificação dos sinais de sono.

 

Ensinar um bebê, uma criança a dormir envolve, desde o primeiro momento, a avaliação ou criação de uma rotina, bem como, a observação do organismo dele.

 

As necessidades de sono não são as mesmas para todas as crianças, por isso tabelas que descrevem quantidades de horas de sono e de sonecas são estimativas, pois cada organismo se desenvolve de um jeito.

 

É certo que as tabelas são bem aproximadas, mas não exatas.

 

Por exemplo, um bebê recém-nascido dorme cerca de dezesseis horas por dia, mas não mais do que poucas horas por vez. Ele tem cerca de sete períodos de sono e vigília distribuídos regularmente ao longo do dia e da noite.

 

Interessante destacar, que observar essas “janelas” de vigília e de sono do bebê faz diferença para estimular o momento da soneca.

 

O ideal é aproveitar os sinais que ele apresenta passado o tempo de vigília e criar um ambiente adequado para estimular seu descanso com a soneca. Assim, ele terá uma rotina com sonecas inseridas de maneira adequada. Isso é ensinar seu filho a dormir!

 

Quais seriam, então, esses sinais de sono?

 

- O mais característico:

  • Coçar os olhinhos;
     

- E ainda...

  • Bocejar;

  • tensionar os bracinhos, as mãozinhas;

  • perder o interesse nas brincadeiras;

  • agitar-se - algumas crianças ao contrário de diminuírem o ritmo, ficam inda mais agitadas;

  • perder a atenção e o contato visual - parece dormir com os olhinhos abertos;

  • irritar-se - Não quer brincar sequer com seus brinquedos prediletos e/ou arremessá-los ao chão;

  • pedir o peito ou a chupeta - alguns bebês/crianças, mesmo estando devidamente alimentados pedem o peito ou chupeta.
     

Observar os sinais de sono, cansaço do seu filho e aproveitá-los facilitará trabalhar a cada dia a sua rotina, deixando-o mais descansado para receber os estímulos adequados para sua idade; além de todas as questões de desenvolvimento e crescimento adequados.

 

Na semana que vem explicaremos um pouco mais sobre o processo de sono infantil, afinal, acreditamos que quanto mais nossos leitores entenderem sobre o sono do seu filho, melhor será para ajudá-lo, ensiná-lo.

 

Até lá!
 

*Dayse Melo, consultora materna e do sono, escreve semanalmente sobre o tema "Sono" aqui no Somos Mães de Primeira Viagem. 

compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus

Sobre o colunista

Dayse Cristina Oliveira Melo

Consultora Materna Especialista em Aleitamento Materno
Consultora do Sono Infantil 
Proprietária da A Mamãe Nasceu Assessoria
Mãe do Henri e esposa do Carlos