Grávidas | NOTÍCIA

O que a gestante pode fazer?

Conheça alguns mitos sobre o que a mulher grávida pode fazer.

Publicado em 16/02/2017

Marcela Lima

Marcela Lima - Conteúdo yellow.a

Somos Mães de Primeira Viagem
compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus
O que a gestante pode fazer?

Sabe aquela famosa frase: "Gravidez não é doença!". Então, essa é uma das coisas mais verdadeiras que uma gestante pode escutar. Mesmo com algumas restrições quanto a alimentação, cuidados com a aparência e esforço físico, a gestante pode e deve continuar com algumas coisas de sua rotina acontecendo naturalmente. Claro que conforme o avanço da gravidez a mulher vai se restringir a uma série de coisas, isso é normal. 

 
Porém, vamos desmitificar alguns mitos sobre o que uma gestante pode fazer durante essa fase. 
 
  • A mulher pode, sim, se depilar durante a gestação, viu?! Você pode continuar a usar cera e lâmina para fazer isso, já que nenhum dos dois produtos oferecem risco ao bebê. Mas, é comum sentir mais dor ao se depilar com cera, já que a mulher se encontra em um estado em que seu corpo está mais sensível;
  • Há quem pense ainda que a gestante não pode praticar nenhum tipo de esforço físico, pois isso está super errado. A gravidez não impede a mulher de praticar atividade física, na verdade, esse hábito faz muito bem a saúde. Mas, cuidado com exercícios muito intensos e com carga alta. E é melhor evitar também em casos de gravidez de risco;
  • O sexo na gravidez é quase um tabu, muita gente acha que não é legal e nem necessário fazer isso durante a gravidez. Porém, os médicos contrariam esse argumento. O sexo é sim permitido e faz muito bem ao casal. Isso aumenta o vínculo entre os dois e proporciona um momento mais a sós;
  • Não há problema nenhum em a mulher dormir de bruços, viu?! Mas é claro que depois dos 4 meses de gestação, essa posição pode se tornar muito desconfortável devido ao aumento da barriguinha. Após esse período, o ideal é que a gestante durma de lado, virada para o lado esquerdo e com um travesseiro entre as pernas e outro para apoiar a barriga, isso é muito confortável;
  • Praias e piscinas estão liberadas para a gravidinha. O único cuidado que precisa ser tomado é quanto a ficar em lugares com ondas muito intensas, o que pode causar um desequilíbrio. Ah, e outro ponto importante para se ressaltar é quanto ao uso do protetor solar, não se esqueça de passá-lo sempre que sair de casa e em dias que resolver ficar na piscina ou no mar. Fora isso, um dia dentro da água promete te deixar relaxada e aliviar o peso da barriga na coluna;
  • Viajar de avião grávida é permitido, mas até um certo estágio. Por exemplo, a partir das 36ª semana de gravidez a mulher não pode viajar, a menos que esteja com seu médico no mesmo voo. Antes disso e em casos de gestação com baixo risco, a mulher pode viajar tranquilamente. Lembrando que em viagens muitos longas é bom tomar cuidado com a hidratação, o uso de meia-calça elástica e você precisa se levantar a cada uma hora para melhorar a circulação;
  • Quanto a coloração do cabelo, a gestante pode sim usar a partir da 14ª semana de gravidez. E só é permitido produtos sem amônia;
  • Se você precisar passar por algum procedimento dentário durante a gestação e precisar tomar anestesia, avise seu médico e o informe sobre a gravidez. Geralmente, a anestesia usada em consultórios odontológicos não oferece nenhum risco a gestante, porém, é sempre bom conversar com o dentista antes.
compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus