Grávidas | NOTÍCIA

Por que o descanso é tão importante durante a gravidez?

O organismo da mulher muda muito durante a gestação, por isso, é preciso organizar algumas pausas durante o dia.

Publicado em 07/11/2017

Marcela Lima

Marcela Lima - Conteúdo Somos Mães Agência Digital

Somos Mães de Primeira Viagem
compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus
Por que o descanso é tão importante durante a gravidez?

Nos primeiros meses de gestação é normal se sentir um pouco cansada e sonolenta. Isso porque são muitas as mudanças hormonais que a gestante sofre durante essa fase.

 

É aconselhável que a mulher mude a sua rotina de descanso durante a gestação, o sono, principalmente, precisa ser de 8 horas por noite no mínimo. Já no segundo trimestre, você vai sentir que essa sonolência perde a força e isso se deve a estabilização hormonal que o corpo sofre. Mas, ainda assim o descanso é essencial.

 

A doutora Priscila Cury, obstetra da Pro Matre Paulista, alerta para a questão das horas de sono da gravidinha: “A gestação é um momento único na vida da mulher e ela deverá se preparar para receber as mudanças que seu organismo irá exigir nesse período. Recomenda-se que a gestante durma cedo e tenha sono relaxante e reparador por cerca de 8 horas ao dia.”

 

E os cuidados não param nos primeiros meses de gestação, não. “É aconselhável, no terceiro trimestre, que além do período noturno, a gestante estabeleça dois períodos de cerca de 20-30 minutos, durante o dia. De preferência, com as pernas para cima e em decúbito lateral esquerdo com o avanço da gravidez”, complementa a doutora.

 

Você precisa conhecer o seu corpo e entender as mudanças que ele está sofrendo nessa fase, e claro, respeitá-lo. “Além disso, é fundamental que a gestante estabeleça uma conexão com seu organismo e respeite as limitações que seu corpo for impondo ao longo da gestação. A orientação é sempre desacelerar. No início, algumas gestantes queixam-se de sonolência excessiva, necessitando de mais descanso nessa fase” explica Cury.  

 

Mamãe, desacelere a  sua rotina o máximo que você puder, pois isso pode te ajudar a ter uma gestação mais tranquila e saudável. A dra. Priscila ressalta que não há nada cientificamente provado se a qualidade de descanso da gestante pode causar algum problema ao bebê ou a gestação: “Não há estudos que comprovem o impacto direto de uma rotina exaustiva na evolução da gestação. No entanto, um ritmo acelerado está associado à má hidratação e alimentação. Isso se relaciona à baixo peso do recém-nascido, alterações do líquido amniótico e trabalho de parto prematuro”.

 

Os principais sinais que o seu corpo precisa de uma pausa são comuns e bem conhecidos por nós. A obstetra explica como perceber os sinais que o seu organismo te dá para que você organize um momento de descanso: “Principalmente cansaço e sono, mas com planejamento, um pré-natal individualizado e respeito às limitações, a grávida atravessará esse período da vida com muita saúde para mamãe e o bebê”, finaliza.

compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus