Grávidas | NOTÍCIA

Ultrassom Morfológico

Qual é a importância desse exame?

Publicado em 17/02/2017

Marcela Lima

Marcela Lima - Conteúdo Somos Mães Agência Digital

Somos Mães de Primeira Viagem
compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus
Ultrassom Morfológico

A notícia de uma gravidez pega de surpresa aqueles que não planejavam uma gravidez e enche de emoção os casais que esperavam por isso a muito tempo. A gestação é um momento cheio de emoções e mudanças. E não demora muito tempo para os pais se preocuparem com a saúde do pequeno, que ainda está na barriga. Por isso, é feito exames como o Ultrassom Morfológico.

 

O Ultrassom morfológico vem para saciar toda essa curiosidade da mamãe quanto a saúde de seu pequeno. Esse exame pretende identificar cerca de 90% das anomalias fetais e até sinais de doenças cromossômicas podemos ter através dessa avaliação. 

 

Esse exame deve ser feito por volta da 12ª e 14ª semana de gravidez, quando já é possível identificar possíveis doenças. E também ficam mais fácil diagnosticar anomalias como anencefalia, gêmeos coligados e extrofia cardíaca. 

 

Na 20ª e 24ª semana de gestação é feito outro ultrassom. Nesse momento fica ainda mais fácil diagnosticar malformações. O diagnóstico precoce é importante, pois pode ser feito intervenções ainda com o bebê dentro da barriga ou em casos mais graves, preparar o casal para receber uma criança com alguma anomalia. 

 

Não é preciso nenhum tipo de preparação para fazer o exame. Mas, é legal a mamãe ir acompanhada de um familiar ou de seu esposo para o caso de ser identificado alguma coisa, o apoio da família nesse momento é indispensável.

 

Verifique com o seu plano de saúde se ele cobre esse tipo de exame. E não se esqueça de se informar com seu médico sobre quantas vezes precisará retornar ao médico para a realização do ultrassom. 

compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus