Mães & Filhos | NOTÍCIA

Outubro rosa: uma campanha que promove a saúde da mulher

O tratamento do câncer de mama pode oferecer cerca de 95% de chance de cura.

Publicado em 26/10/2017

Marcela Lima

Marcela Lima - Conteúdo Somos Mães Agência Digital

Somos Mães de Primeira Viagem
compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus
Outubro rosa: uma campanha que promove a saúde da mulher

A campanha do Outubro Rosa foi criada nos anos 90, em um movimento que nasceu nos Estados Unidos, a fim de realizar uma mobilização de comunidades, entidades e empresas em prol da prevenção da doença.

 

Muitos foram os avanços na área da medicina em relação ao câncer de mama, e um dos mais importantes é que o diagnóstico precoce pode aumentar as chances de cura da paciente. Além disso, um novo agente de contraste de imagem por ressonância magnética (IRM) pode detectar o tumor ainda em sua fase inicial e determinar sua agressividade e crescimento.

 

A Doutora Flávia Fairbanks, ginecologista e obstetra da Clínica FemCare, alerta sobre a importância do diagnóstico na fase inicial da doença: “Hoje em dia, em todas as consultas, alertamos sobre a necessidade de mamografias anuais após os 40 anos, a importância do autoexame e, claro, o foco na qualidade de vida e cuidados com o corpo como um todo”.

 

E, claro, é importante que a mulher fique atenta a alterações nas mamas, como no aspecto, contorno, nódulos, secreções, inchaço dos gânglios axilares e até na perda de peso repentina. O melhor jeito de identificar possíveis alterações é no período pós-menstrual, caso realmente seja detectado alguma anormalidade, procure um especialista.

 

E outro ponto importante a se ressaltar é que caso não haja casos de câncer de mama na família, a mulher não deixa de correr risco de desenvolver a doença. Mesmo assim, o exame e os cuidados com a saúde são indispensáveis “consultas periódicas e hábitos de vida saudáveis são as melhores prevenções para o câncer de mama”, finaliza Flávia.

compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus