Tentantes | NOTÍCIA

Gravidez psicológica

Como lidar com essa situação?

Publicado em 03/02/2017

Marcela Lima

Marcela Lima - Conteúdo Somos Mães Agência Digital

Somos Mães de Primeira Viagem
compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus
Gravidez psicológica

A gravidez psicológica é quando a mulher apresenta os mesmos sintomas da gestação, como ausência de menstruação, aumento das mamas, náuseas e aumento da barriga, porém, o útero está vazio. É um condição rara, mas ainda sim preocupa muitos médicos. 

 

A gravidez psicológica acontece por vários motivos, por exemplo, quando a mulher está no meio de uma série de tentativas e não consegue engravidar. Fora toda a pressão social que ela é submetida. Isso tudo pode ajudar a desenvolver essa condição, é como se isso fosse consequência de uma frustração. 

 

Esse problema pode estar ligado a uma vulnerabilidade por parte da mulher, que não consegue suportar a pressão ou frustração e acaba desenvolvendo a gravidez psicológica. Qualquer mulher está sujeita a isso, sem exceção. 

 

Os sintomas mais comuns são náusea, ausência da menstruação, aumento das mamas, vômito, tontura, aumento de peso, aumento de volume no abdômen  e em alguns casos pode até ocorrer das mamas se encherem de leite. 

 

Para tratar esse quadro é preciso um acompanhamento psicológico, já que não há nenhum medicamento que possa amenizar a situação. A psicoterapia é perfeita para tratar esse tipo de manifestação. 

 

Você pode procurar apoio psicológico durante as tentativas de gravidez, principalmente se vem tentando há algum tempo e não tem conseguido engravidar. Toda essa assistência ajudará você a se manter calma e menos vulnerável a críticas e a própria frustração. 

 

Não é só a mulher que deve estar atenta a esse tipo de condição psicológica. Em casos como esse é importante que o companheiro e a família observem possíveis sinais de fragilidade psicológica, qualquer alteração, oriente a tentante a procurar a ajuda de um especialista. 

compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus